window.location.href = 'http://www.ardinadoalentejo.pt';

terça-feira, dezembro 31, 2013

José Maria Ginja, Presidente da União das Freguesias de Estremoz, foi eleito 2º Secretário da Assembleia Distrital de Évora

O estremocense José Maria Ginga Ginja, presidente da União das Freguesias de Estremoz - Santa Maria e Santo André, foi eleito na passada sexta-feira, dia 27 de Dezembro, 2º Secretário da Mesa da Assembleia Distrital de Évora.

A eleição, que decorreu no Salão Nobre dos Paços do Concelho, em Borba, consagrou o presidente da Câmara Municipal de Vila Viçosa, Manuel Condenado, eleito nas listas da CDU, como o novo presidente da Mesa da Assembleia Distrital de Évora, para o mandato 2013-2017.
Maria Clara Safara, presidente do Município de Mourão, eleita nas listas do PS, foi eleita 1ª Secretária. A nova mesa da Assembleia Distrital de Évora foi eleita com 20 votos a favor e 4 em branco.
Para Manuel Condenado, este órgão autárquico “deve ser um fórum de debate e união dos concelhos alentejanos na defesa dos interesses comuns e na tomada de posições políticas que permitam traçar estratégias” para “o desenvolvimento do distrito e da região no seu conjunto”.
Manuel Condenado sucede a Ângelo de Sá, ex-Presidente da Câmara Municipal de Borba.
A Assembleia Distrital é composta por 42 elementos, tendo cada um dos 14 Municípios que compõem o distrito de Évora, direito a três representantes: o Presidente da Câmara, o Presidente da Assembleia Municipal e um representante dos Presidentes das Juntas de Freguesia de cada concelho.

O Município de Estremoz é representado na Assembleia Distrital de Évora pelo Presidente da Câmara, Luís Filipe Mourinha, pelo Presidente da Assembleia Municipal, Nuno Rato, e pelo Presidente da União das Freguesias de Estremoz – Santa Maria e Santo André, José Maria Ginja, todos eleitos nas listas do MiETZ - Movimento Independente por Estremoz.

Texto: Pedro Soeiro c/ Correio do Alentejo | Imagem: DR

segunda-feira, dezembro 30, 2013

Saiba quais são os filmes que vão rodar em Janeiro de 2014 no Teatro Bernardim Ribeiro, em Estremoz

O cinema no Teatro Bernardim Ribeiro, em Estremoz, terminou o ano de 2013 em grande. Senão vejamos: Estreia nacional de "Hobbit: A Desolação de Smaug", com sete sessões; duas sessões do português "7 Pecados Rurais", uma delas esgotada; e com as duas sessões agendadas do filme de animação da Disney, "Frozen", igualmente esgotadas. Mas descansem os amantes do cinema porque vão continuar a usufruir de uma programação de qualidade no Bernardim Ribeiro, para o ano de 2014. É caso para dizer: Ano novo, mas a mesma qualidade. 
Através da sua página na Internet, o Município estremocense já divulgou quais as propostas de cinema para o mês de Janeiro. São sete as películas que podem ser vistas no primeiro mês do ano, na emblemática sala da cidade. A saber:

Dia 3 de Janeiro (Sexta-feira) - 21.30 - THE HUNGER GAMES: EM CHAMAS
Katniss Everdeen regressa a casa sã e salva após ter vencido a 74ª edição dos Jogos da Fome, juntamente com Peeta Mellark. Mas o triunfo também significa que, em breve, terão de deixar amigos e família e embarcar numa digressão através dos distritos. Pelo caminho, Katniss sente uma rebelião latente, mas o Capitólio continua a controlar a situação ao mesmo tempo que o Presidente Snow prepara os 75º Jogos da Fome - uma competição que mudará Panem para sempre.

Realização de Francis Lawrence, com Jennifer Lawrence, Josh Hutcherson, Liam Hemsworth, Sam Claflin, Elizabeth Banks, Alan Ritchson, Jena Malone, Stanley Tucci, Willow Shields, Woody Harrelson, Philip Seymour Hoffman, Donald Sutherland, Amanda Plummer, Meta Golding, Lenny Kravitz, Lynn Cohen, Toby Jones, Stephanie Leigh Schlund, Bruno Gunn, Maria Howell, E. Roger Mitchell e Patrick St. Esprit.

Dia 10 de Janeiro (Sexta-feira) - 21.30 - ATÉ AMANHÃ, CAMARADAS
Adaptado da obra homónima de Manuel Tiago (pseudónimo de Álvaro Cunhal), "Até Amanhã, Camaradas" mostra que mesmo num país oprimido por uma ditadura feroz e retrógrada, servida por uma polícia política implacável (a PVDE), há quem resista e se organize para mobilizar o povo para a luta pelo pão e pela liberdade mesmo que isso lhe possa custar a prisão, torturas, ou até a vida. São pessoas como Vaz, Ramos, António e Paulo, militantes e funcionários do Partido Comunista, que desenvolvem a sua acção na clandestinidade, reorganizando o partido nas zonas dos arredores de Lisboa e do Ribatejo, ao mesmo tempo que preparam uma grande jornada de luta, com greves e marchas contra a fome.

Realização de Joaquim Leitão, com Gonçalo Waddington, Cândido Ferreira, Leonor Seixas, Paulo Pires, Nuno Nunes, Marco D'Almeida, Adriano Luz e Ivo Ferreira.

Dia 12 de Janeiro (Domingo) - 15.00 - KHUMBA (VP - 3D)
A vida não é toda preta e branca para Khumba, um jovem zebra nascido com apenas metade das riscas, que é rejeitado pelo seu grupo supersticioso e culpado por uma seca repentina que afecta a Terra. Juntando-se a um gnu corajoso e uma avestruz exibicionista, Khumba parte para uma ousada missão através do deserto de Karoo com o objectivo de encontrar o lendário olho d'água onde as primeiras zebras têm as suas riscas. Ao longo do caminho, conhece uma série de personagens coloridos, mas antes que se possa reunir com seu grupo, Khumba terá de ficar cara a cara com um leopardo ameaçador e fazer parte de uma batalha épica.

Realizado por Anthony Silverston e que conta na versão portuguesa com as vozes de César Mourão, Inês Castel-Branco, Zé Diogo Quintela e Maria Vieira.

Dia 17 de Janeiro (Sexta-feira) - 21.30 - MANDELA, UM LONGO CAMINHO PARA A LIBERDADE
A extraordinária vida de Nelson Mandela desde a sua infância numa pequena aldeia até à sua eleição como Presidente da África do Sul. Baseado na sua autobiografia, o filme mostra-nos o político activista pela defesa dos direitos humanos e pelo fim do apartheid, mas também o homem simples, meigo e brincalhão num retrato inspirador de uma das mais importantes figuras da história da humanidade.

Realização de Justin Chadwick, com Idris Elba, Naomie Harris, Jamie Bartlett, Riaad Moosa, Terry Pheto e Tony Kgoroge.


Dia 24 de Janeiro (Sexta-feira) - 21.30 - O GRANDE MESTRE
A história de Ip Man, o mestre de artes marciais que treinou Bruce Lee. Uma narrativa que tem como cenário os anos tumultuosos da república que se seguiram à queda do último imperador chinês. Uma era de caos, divisão e guerra que foi, ao mesmo tempo, a idade de ouro das artes marciais chinesas.

Realização de Wong Kar-Wai, com Tony Leung Chiu-Wai, Zhang Ziyi, Song Hye-kyo, Chang Chen, Wong Hing-Cheung, Zhao Ben-Shan e Julian Cheung Chi-Lam.

Dia 26 de Janeiro (Domingo) - 15.00 - A REVOLTA DOS PERUS (VP)
Numa antiquada quinta familiar, um bando gigante de perus vive uma vida calma, complacente e repleta de milho. Só se preocupam com a hora de serem alimentados e em descansarem ao Sol com o agricultor, que juram que os levará para o "Paraíso dos Perus". Todos, menos Reggie, um perú particularmente esperto, mas rejeitado pelo bando devido à sua opinião negativa sobre o agricultor e desinteresse pela existência mundana e anafada dos perus.

Realizado por Jimmy Hayward, que conta na versão portuguesa com as vozes de Marta Borges, Telmo Ramalho e Pedro Borges.

Dia 31 de Janeiro (Sexta-feira) - 21.30 - A PROPÓSITO DE LLEWYN DAVIS
Uma semana da vida de um jovem cantor no ambiente da cena musical folk de Greenwich Village, NY, em 1961. A vida de Llewyn Davis encontra-se numa encruzilhada. Cronicamente falido, de guitarra ao ombro e à mercê do impiedoso Inverno de Nova Iorque, Llewyn luta para vencer enquanto músico, apesar dos obstáculos que tem de enfrentar. Vivendo da boa vontade de um número cada vez mais reduzido de amigos, Llewyn vai dormindo nos sofás daqueles que ainda não alienou devido ao seu mau feitio e aceita os poucos trabalhos como músico que vão aparecendo entre Chicago e Nova Iorque. Incapaz de se afirmar enquanto artista a solo, chega a um momento em que é obrigado a confrontar-se com a inutilidade das suas ações.

Realizado pelos Irmãos Cohen, Joel e Ethan, e com Oscar Isaac, Carey Mulligan, Justin Timberlake, Garrett Hedlund, John Goodman e F. Murray Abraham.

Texto: Pedro Soeiro c/ filmspot.pt e Município de Estremoz | Imagens: filmspot.pt

domingo, dezembro 29, 2013

António Manuel Cardoso "Nené" está de regresso à Praça de Touros de Évora

António Manuel Cardoso, o popular “Nené”, está de regresso à gestão da Praça de Toiros de Évora.
A família Alfacinha, proprietária da praça de toiros eborense, decidiu, depois de analisadas várias propostas, voltar a entregar a gestão do tauródromo da capital de distrito, à empresa "Toiros & Tauromaquia" de António Manuel Cardoso, o popular "Nené", antigo cabo dos Forcados Amadores de Alcochete.

O site “naturales” avançou com a informação no dia de ontem, sexta-feira, tendo a mesma já sido conformada no dia de hoje ao “Farpas”.
Não é a primeira vez que “Nené” Cardoso toma conta dos destinos da Praça de Touros de Évora. Durante muitos anos, a antiga praça de toiros eborense foi dirigida por “Nené”, em sociedade com Rogério Amaro. Posteriormente, e depois das obras de renovação, a Arena d’Évora ficou com o igualmente antigo forcado Carlos Pegado, da empresa “Terra Brava”, como empresário, tendo a sua adjudicação sido entregue em 2012, à empresa “Toiros e Tauromaquia”. Na temporada de 2013, e devido a desentendimentos com os seus antigos sócios, António Manuel Barata Gomes e Albino Caçoete, que depois fundaram a empresa "Campo e Praça", empresa que organizou a corrida de re-inauguração da Praça de Touros de Estremoz, “Nené” viu-se afastado do tauródromo eborense, tendo a praça sido gerida por Gomes e Caçoete, após acordo com a família Alfacinha, visto que o contrato de adjudicação estava assinado com a "Toiros & Tauromaquia".

Volvido apenas um ano, o mais antigo empresário taurino do país recupera o tempo perdido e volta a estar ao leme da Arena d'Évora, considerada a praça mais cara do país, no que concerne ao preço dos ingressos. Certamente uma herança da “Campo e Praça” que “Nené” não vai querer herdar.

Já em Outubro de 2013, o blogue tauromáquico “Farpas” falava na possibilidade de Cardoso regressar em força no ano de 2014, e de recuperar aos antigos sócios a praça eborense. E os rumores vieram a confirmar-se.

Texto: Pedro Soeiro c/ FARPAS | Foto: DR

sábado, dezembro 28, 2013

Presépios de Estremoz mostram Alentejo e estão patentes na Galeria D. Dinis

Há mais de 20 anos que fazem Presépios de Estremoz e afirmam que a representação do nascimento de Cristo está na origem da “arte bonequeira” da localidade, inspirada no quotidiano alentejano. As barristas “Irmãs Flores” receberam a equipa de reportagem da Agência ECCLESIA e falaram sobre uma das peças mais conhecidas da barristica estremocense, e também sobre a Exposição de Presépios que está patente ao público na cidade alentejana.

Segundo Maria Inácia, que com a irmã Perpétua Sousa trabalha o barro na oficina das “Irmãs Flores”, no centro de Estremoz, “as primeiras peças que se fizeram” do figurado estremocense “foram peças de presépio”.
A artesã acrescentou, sem deixar de trabalhar o barro para fazer mais uma peça para um presépio, que antigamente faziam mais “o presépio tradicional, o de altar”. No entanto, e como a própria referiu, hoje há muitas pessoas coleccionadoras de presépios, o que faz com que as “Irmãs Flores” tenham de imaginar outros presépios, mas sempre “a partir das figuras tradicionais”.
Neste momento estou a fazer uma figura que é para acrescentar a um presépio de uma senhora que tem 16 netos e todos os anos oferece uma figura a cada neto. Cada um já tem um presépio com mais de 20 figuras, porque há mais de 20 anos que ela oferece uma figura”, recorda Maria Inácia enquanto termina mais um alentejano de capote que, com uma senhora com um menino ao colo, fazem as figuras para a coleccionadora oferecer este ano.
Para as “Irmãs Flores”, a criatividade é o desafio da arte tradicional que as motiva todos os dias a fazer presépios “diferentes”, a partir da cultura e das tradições alentejanas.
Perpétua Sousa sublinha que as “Irmãs Flores” têm “espalhados presépios por todo o mundo”, porque são procurados por muitos turistas não só no Natal, mas ao longo de todo o ano.
O presépio de Estremoz é único. Não há em mais lado nenhum. É um presépio de altar, inspirado nos muitos fontanários que havia na nossa cidade e composto por nove peças: a Sagrada Família, os três reis e os três pastores”.
O “presépio de altar” é o “característico” de Estremoz, com três figuras expostas por cada um dos três patamares do altar que enquadra a representação do nascimento de Jesus na arte barrista desta localidade.
Perpétua Sousa conta que para além do “presépio de altar” há muitas criações dos artesãos de Estremoz que recorrem a hábitos e costumes da região para representar a natividade, colocando o nascimento de Jesus nos mais variados contextos.
A cozinha alentejana ou o ambiente de um galinheiro são dois cenários para outros tantos presépios das "Irmãs Flores" que estão na VII Exposição de Presépios de Artesãos do Concelho de Estremoz, patente ao público na cidade.
Entre os 23 artistas presentes nesta mostra, que criaram presépios a partir de diferentes materiais como o barro, a cortiça, o ferro forjado ou a lá de ovelha, está Ricardo Fonseca, sobrinho das “Irmãs Flores” e a trabalhar na mesma oficina.
Primeiro para passar tempos livres, depois como ocupação profissional, Ricardo Fonseca aposta em “criações” pessoais, representando o presépio em novos ambientes, oferecendo outra criatividade à arte barrista que aprendeu das suas tias.

A VII Exposição de Presépios mostra 40 peças de artesãos de Estremoz e pode ser visitada até ao dia 6 de Janeiro, na Galeria D. Dinis.

Texto: Pedro Soeiro c/ Agência ECCLESIA | Foto: DR

sexta-feira, dezembro 27, 2013

Crianças feridas no acidente perto de Évora, foram transferidas para Lisboa

Enquanto os três adultos estão em estado considerado estável, as duas crianças que ficaram gravemente feridas no acidente ocorrido na passada terça-feira, noite de Natal, perto de Évora foram hoje transferidas para o Hospital de Santa Maria, em Lisboa, indicou fonte hospitalar.

O acidente, que causou três mortos e cinco feridos, entre os quais duas crianças, uma com cinco anos e outra com 13, resultou da colisão entre dois veículos ligeiros e um cavalo.
À Agência LUSA, o Hospital do Espirito Santo de Évora (HESE), adiantou que as duas crianças, que deram entrada na unidade hospitalar eborense em estado grave e prognóstico reservado, foram transferidas para o Hospital de Santa Maria. Ao que o "Estremoz Soeiro" conseguiu apurar, a criança de cinco anos tem prognóstico considerado muito reservado.
Fonte da unidade hospitalar lisboeta adiantou, no entanto, que sem autorização expressa dos pais, não é permitido dar informações sobre o estado de saúde das crianças.

O HESE referiu que, dos três adultos feridos no desastre, uma mulher ainda está internada nos cuidados intensivos, mas estabilizada, enquanto os restantes dois estão estáveis e muito possivelmente serão ainda hoje transferidos para o Hospital de Portimão, na sua área de residência.

O acidente ocorreu perto das 21 horas de terça-feira, dia de Natal, na Estrada Nacional 114, entre Évora e Montemor-o-Novo, na zona da Quinta de São José da Peramanca, a cerca de três quilómetros de Évora.

Texto: Pedro Soeiro c/ LUSA | Imagem: DR

terça-feira, dezembro 24, 2013

Mensagem de Natal do Arcebispo de Évora: "Na grande hospedaria do mundo nem todos encontram lugar"

Todas as pessoas têm direito a um lugar e a uma vida digna, mas na grande hospedaria do mundo, nem todos encontram lugar”.

A frase pertence a D. José Alves, Arcebispo de Évora, e faz parte da mensagem de Natal do prelado alentejano, divulgada hoje pela Arquidiocese de Évora.
José Ales realçou que esta é "uma situação que continua a repetir-se constantemente, com um sem número de pessoas que não têm onde morar".
"Na grande hospedaria do mundo, nos nossos dias e ao nosso lado, há muitos que não encontram lugar", refere, afirmando que "não encontram lugar na família, nos ambientes de trabalho, nas escolas, no emprego, nas casas de habitação, nos hospitais".
O Arcebispo eborense acrescentou que a essas pessoas "resta-lhes a rua e as instituições de caridade que os socorrem".
Para o prelado alentejano, a sociedade "continua a não ter lugar para acolher os que precisam, mas, ao mesmo tempo, no coração humano, há muitos lugares disponíveis para a defesa dos interesses individuais".
Na mensagem pode ler-se ainda que "é mais fácil encontrar lugar para o Natal do consumismo do que para o Natal da partilha, da promoção da dignidade da pessoa humana e da defesa dos valores da vida".

O arcebispo recordou que "o Filho de Deus não teve lugar na hospedaria" e que "nasceu numa gruta, na pobreza e na humildade, para redimir a humanidade do pecado da exclusão social e do apego exagerado e do uso injusto dos bens materiais, que, afinal, pertencem a toda a humanidade".

Nesse sentido, José Alves conclui que "a autêntica celebração de Natal é aquela que se esforça por ampliar as dimensões da hospedaria do mundo, de forma que haja lugar para todos os seres humanos".

Texto: Pedro Soeiro c/ LUSA | Imagem: DR

quarta-feira, dezembro 18, 2013

Empresa brasileira prevê criar 50 postos de trabalho em Portalegre

Adelaide Teixeira, Presidente da Câmara Municipal de Portalegre, anunciou hoje, terça-feira, dia 17 de Dezembro, que uma empresa brasileira, com mais de 23 anos no mercado oftalmológico, e que se dedica ao fabrico de implantes oftalmológicos vai instalar-se em Portalegre, num projecto que prevê criar, até ao ano de 2017, 50 postos de trabalho.
A autarca portalegrense referiu que o projecto aponta para a criação de 20 postos de trabalho, numa primeira fase, e de 50, até 2017. "A maioria dos postos de trabalho será ocupada por pessoas com elevada qualificação", salientou.

Com sede no estado de Minas Gerais, no Brasil, a empresa Visiontech Medical Optics assume-se, segundo Adelaide Teixeira, como "a mais importante fábrica brasileira de produtos ópticos", sendo que a unidade de Portalegre vai dedicar-se ao fabrico de lentes de contacto para implante ocular.

Texto: Pedro Soeiro c/ LUSA | Imagem: DR

terça-feira, dezembro 17, 2013

Seniores do concelho de Estremoz voltam a reunir-se em mais um "Encontro de Memórias"

À semelhança do que acontece de há alguns anos a esta parte, a Câmara Municipal de Estremoz volta a organizar o “Encontro de Memórias”, um convívio destinado à troca de experiências e recordações de tempos antigos.

O Parque de Feiras e Exposições da cidade estremocense vai receber, a partir das 10 horas da manhã da próxima quinta-feira, dia 19 de Dezembro, os seniores do concelho. Para além do já tradicional almoço de Natal oferecido pela edilidade a todos os idosos, a animação vai ser uma constante, com as actuações do Grupo de Cantares e do Grupo de Dança da Academia Sénior de Estremoz e do Grupo de Cantares de Moura.

Texto: Pedro Soeiro c/ Câmara Municipal de Estremoz | Imagem: DR

segunda-feira, dezembro 16, 2013

Jurados do concurso EcoMontras visitam lojas participantes amanhã. Laura Galvão e Tomás Marques vão marcar presença...

Com o objectivo de promover a sensibilização ambiental e dinamizar o comércio local, a autarquia de Estremoz está a promover, desde o passado dia 7 de Dezembro e até ao próximo dia 5 de Janeiro, o "I EcoMontras - Concurso de Montras de Natal de Estremoz com Materiais Reutilizáveis".
No dia de amanhã, terça-feira, 17 de Dezembro, o júri do "Ecomontras", composto por dois representantes do executivo, um representante do Gabinete de Planeamento e Gestão Ambiental da autarquia e pelos actores da novela “Belmonte”, Laura Galvão e Tomás Marques, vão visitar as mais de 30 lojas que se encontram a concurso, e que o “Estremoz Soeiro” já lhe divulgou aqui.
O “EcoMontras” é uma iniciativa organizada pela Câmara Municipal de Estremoz, e conta com o apoio da Herdade das Servas e do Páteo dos Solares.

Texto: Pedro Soeiro c/ Câmara Municipal de Estremoz | Imagem: DR

domingo, dezembro 15, 2013

Feira "Miminhos de Natal" prolonga-se até ao próximo Sábado

Devido ao sucesso da iniciativa, a Câmara Municipal de Estremoz, em consonância com os participantes, decidiu prolongar a duração da I Feira "Miminhos de Natal" até ao próximo Sábado, dia 21 de Dezembro.
Se ainda não comprou todas as suas prendas de Natal, durante a próxima semana, entre as 10 e as 17 horas, na Esplanada dos Congregados, pode encontrar aquele "miminho" que lhe falta.
A "Miminhos de Natal" é uma actividade promovida pela Câmara Municipal de Estremoz, e que tem como objectivo principal promover a actividade artesanal no concelho, junto da população e de quem nos visita, despertando o interesse pelo artesanato tradicional e contemporâneo.

Texto: Pedro Soeiro | Imagem: DR

Empresários do sector dos mármores na zona de Borba e Vila Viçosa queixam-se dos assaltos

Os empresários do sector dos mármores queixam-se dos assaltos às pedreiras na zona de Borba e Vila Viçosa. Por causa dos roubos, algumas empresas ficam impossibilitadas de trabalhar durante vários dias.
Reportagem da estação televisiva SIC, assinada por Luís Godinho, com declarações dos empresários José Benvindo, Luís Sotto Mayor e Jorge Plácido. Nesta peça da estação de Carnaxide, para escutar também as palavras do Major Rogério Copeto, Relações Públicas do Comando Territorial de Évora da GNR.

Texto: Pedro Soeiro | Vídeo: SIC


sábado, dezembro 14, 2013

A I Feira "Miminhos de Natal" já arrancou e espera a sua visita na Esplanada dos Congregados

Está a decorrer desde as 10 da manhã de hoje, Sábado, 14 de Dezembro, na Esplanada dos Congregados, em Estremoz, a 1ª edição da feira “Miminhos de Natal”.

Trata-se de uma iniciativa promovida pela Câmara Municipal de Estremoz, e que tem como objectivo principal promover a actividade artesanal no concelho, junto da população e de quem nos visita, despertando o interesse pelo artesanato tradicional e contemporâneo.
Para além de poder comprar os seus “miminhos” de Natal, a feira proporciona-lhe ainda a possibilidade de assistir às actuações do Grupo de Cantares "Vozes na Idade d'Ouro" da Academia Sénior de Estremoz (Sábado – 11 horas), do Grupo “Os Traquinas” (Sábado – 15.30 horas) e do Grupo “Ginarte” (Domingo – 15.30 horas).
O Pai Natal também vai marcar presença na “Miminhos de Natal”, com a realização de duas sessões fotográficas. As sessões acontecem hoje, Sábado, até às 16 horas, e Domingo, a partir das 15 horas.

Texto: Pedro Soeiro | Imagem: DR

Município de Estremoz promove programa de ocupação de tempos livres “Manhãs Natalícias, Tardes em Movimento”

Tendo como principal objectivo dar resposta às necessidades das famílias, em termos de ocupação dos tempos livres das crianças e jovens, durante o período de férias escolares do Natal, o Município de Estremoz irá promover nos dias 18, 19, 20, 23, 26 e 27 de Dezembro do ano que está praticamente a findar, o programa de ocupação de tempos livres “Manhãs Natalícias, Tardes em Movimento”.

As actividades a desenvolver ao longo do programa serão de carácter educativo, cultural e recreativo, tais como Desporto, Histórias de Natal, Modelação de Presépios, Percursos pelo Património, Natal a Reciclar, entre outras.

As inscrições para este programa, destinado a crianças e jovens, dos 6 aos 12 anos de idade, são limitadas, e devem ser feitas no Gabinete de Desporto na Casa de Estremoz, no próximo dia 16 de Dezembro, das 9.15 às 12.15 horas e das 14.15 às 16.30 horas, ou através do telefone 268339200.

Texto: Pedro Soeiro c/ Câmara Municipal de Estremoz | Imagem: DR

sexta-feira, dezembro 13, 2013

União e Orfeão juntam-se para Concerto de Natal na Igreja dos Congregados


Amanhã à tarde, Sábado, dia 14 de Dezembro, pelas 17 horas, a Igreja dos Congregados, em Estremoz, vai receber um Concerto de Natal conjunto entre a Sociedade Filarmónica Artística Estremocense “União” e o Orfeão de Estremoz “Tomaz Alcaide”.

Volvidos 83 anos, a União e o Orfeão voltam a juntar-se para efetuar um concerto inédito, que une ambas as associações em torno do Natal. Depois de duas actuações individuais, o evento encerrará com chave de ouro, juntando os dois conjuntos para tocar e cantar vários temas de temática natalícia.
À semelhança do que já aconteceu com a banda “Dezalinhados” e com o grupo de dança “Ginarte”, a União volta a realizar mais um concerto conjunto, tendo como objectivo marcar pela diferença mas sempre com um condicionador em comum: a música!
Esta iniciativa é uma produção da Sociedade Filarmónica Artística Estremocense “União” e do Orfeão de Estremoz "Tomaz Alcaide", com o apoio da Paróquia de Santo André e da Câmara Municipal de Estremoz.

Texto: Pedro Soeiro c/ Câmara Municipal de Estremoz | Imagem: DR

quinta-feira, dezembro 12, 2013

Conheça quais as lojas que participam na primeira edição do concurso EcoMontras

Tal como já anunciámos aqui, até ao próximo dia 5 de Janeiro, no concelho de Estremoz, está a decorrer o projeto Ecomontras, um concurso de montras alusivas à época natalícia, todas elas elaboradas com recurso à utilização de materiais reutilizáveis.

“Estremoz Soeiro” divulga-lhe agora a lista das lojas que estão a concurso, para que fique a saber onde pode apreciar com os seus próprios olhos, os magníficos trabalhos dos lojistas do concelho: Balão Mágico; Três Agulhas; Papelaria Aníbal; Óptica Reis II; Modas Gina e João; Loja da Bárbara; Modquim (Vestuário); Modquim (Sapataria); Tabacaria Central; A Fragata; Symphonia; Ortopedia Estremonatura; Mira Madeira Electrodomésticos; Versão de Luz Óptica; João António Mira Ramalho; A Tabaqueira; Oculista das Portas de Santo António; Boutique Palrux; Farmácia Carapeta e Irmão; Sports4u; Tulipa de Santo André; Loja do Maio; Arkist@bat; Loja do Povo; Sandes.Come; Jóias e Tempo; Almiróptica; Inês Cabeleireiros e Farmácia Pereira Alves (Veiros).
Organizada pela Câmara Municipal de Estremoz, esta iniciativa tem como principais objectivos promover a sensibilização ambiental e dinamizar o comércio local.
Mais uma boa razão para visitar Estremoz. Venha apreciar os trabalhos dos nossos lojistas na I edição do EcoMontras e aproveite para fazer compras na cidade branca do Alentejo.

Texto: Pedro Soeiro c/ Câmara Municipal de Estremoz | Imagem: DR

quarta-feira, dezembro 11, 2013

GNR já identificou adeptos do FC Porto que furtaram na estação de serviço de Estremoz

Um grupo de oito adeptos, alegadamente do FC Porto, foram identificados pela Guarda Nacional Republicana (GNR), por diversos furtos no interior da estação de serviço de Estremoz da autoestrada 6 (A6), revelou fonte da força de segurança.

Por volta das 07 horas, um autocarro com cerca de 50 adeptos do Futebol Clube do Porto, que fazia a ligação entre Lisboa e Madrid, parou naquela estação de serviço, tendo alguns "levado artigos como comida, bebidas, bonés e cachecóis sem pagar", explicou à agência Lusa a fonte da GNR.
Alertada para o caso, a GNR interceptou o autocarro, ainda na A6, junto a Vila Boim, concelho de Elvas, , onde procedeu à identificação de oito pessoas e do organizador da viagem, referiu a fonte.
De acordo com a mesma fonte, os bonés e os cachecóis furtados foram recuperados pela GNR, tendo os infractores seguido viagem até Madrid, cidade onde a equipa azul e branca disputou a última jornada do grupo G da Liga dos Campeões, diante o Atlético de Madrid, tendo perdido por 2-0.

Texto: Pedro Soeiro c/ LUSA | Imagem: DR

terça-feira, dezembro 10, 2013

Maria João Abreu e Almeno Gonçalves, Sábado, no Teatro Bernardim Ribeiro, com a comédia "E tudo o casamento levou"

No próximo Sábado, dia 14 de Dezembro, o teatro está de regresso ao Bernardim Ribeiro. Maria João Abreu e Almeno Gonçalves são os protagonistas de “E tudo o casamento levou”, uma comédia romântica da autoria de Muriel Robin e Pierre Palmade.

Os dois populares actores pisam o palco da mais emblemática sala de espectáculos estremocense a partir das 21.30 horas, encarnando um casal que se ama, que não pode viver um sem o outro mas que também não consegue viver sem conflito.
Eles não podem viver um sem o outro mas não podem viver um com o outro. Eles têm dias, mas também têm horas, minutos, segundos... Eles discutem muito, eles divertem-se muito. Eles são marido e mulher. Eles são o cão e o gato. Eles são um casal. Um casal normal. Eles amam-se.
Primeiro começamos por acompanhar este casal em situações banais, situações por que todos já passamos. 
Depois achamos que eles são extremamente engraçados e rimo-nos a bom rir. Rimo-nos do dia atribulado do seu casamento, da condução dela, das saídas dele, da maneira como planeiam as suas férias, de como falam dos seus pais, dos seus amigos. Rimo-nos a bom rir das suas pequenas discussões por tudo e das suas grandes discussões por nada. Rimo-nos por eles serem um homem e uma mulher, que vivem juntos, que se amam. 
E depois reconhecemos nas suas palavras, nas suas situações, coisas estranhamente familiares. Coisas nossas! Nem que seja aquela frase que já dissemos tantas vezes e que agora está ali, na boca daquele casal. E ainda nos rimos mais! Rimo-nos deles, de nós. Rimo-nos a bom rir. Porque eles amam-se. E porque nós os amamos!
“E tudo o casamento levou” é uma produção da Sola do Sapato Produções e que conta com o apoio da Câmara Municipal de Estremoz.
Para reservar o seu bilhete, que têm o custo unitário de 10 euros, deve contactar os Serviços Culturais da Câmara Municipal de Estremoz, através do 268 339 216, o Posto de Turismo, através do 268339227, ou o Teatro Bernardim Ribeiro, pelo 268 339 222. Pode ainda fazê-lo através do mail cultura@cm-estremoz.pt.
Agora já pode adquirir o seu ingresso pela internet, através do link Bilheteira Online – E tudo o casamento levou.

Texto: Pedro Soeiro c/ Sola do Sapato Produções | Cartaz: DR

Tribunal de Évora decreta prisão preventiva a traficante de droga detido em Cano, concelho de Sousel

No passado Sábado, dia 7 de Dezembro, o Tribunal Judicial de Évora decretou a prisão preventiva de um dos dois homens detidos na freguesia de Cano, concelho de Sousel, por suspeita de tráfico de droga, disse à agência Lusa fonte da GNR.

A medida de coacção mais gravosa foi aplicada ao detido de 39 anos revelou a mesma fonte.
Ainda segundo explicou a fonte da GNR, o homem ficou em prisão preventiva por estar também “referenciado noutros processos relacionados com o tráfico de droga”.
Ao outro detido, de 37 anos, o Tribunal de Évora, nomeado para serviço de fim-de-semana, decretou a medida de coacção de Termo de Identidade e Residência (TIR).
Os dois homens foram detidos no passado Sábado, pela GNR, na freguesia de Cano, por suspeita de tráfico de droga, tendo os militares apreendido 105,3 gramas de canábis e 93,4 gramas de haxixe.

Texto: Pedro Soeiro c/ Lusa | Imagem: DR

segunda-feira, dezembro 09, 2013

No próximo Sábado, no Salão da União das Freguesias de Estremoz – Santa Maria e Santo André, “Vamos Falar de Doenças Oncológicas”

O Salão da União das Freguesias de Estremoz – Santa Maria e Santo André irá receber no próximo Sábado, dia 14 de Dezembro, pelas 15.30 horas, um encontro intitulado “Vamos Falar de Doenças Oncológicas”.

Esta iniciativa, organizada pela Associação de Marinheiros de Estremoz. vai contar com a presença do Dr. Rui Dinis, médico oncologista do Serviço de Oncologia do Hospital do Espírito Santo de Évora (HESE), da Enfermeira Sílvia Noruegas, enfermeira da Unidade de Cuidados Continuados (UCC) de Estremoz, e de alguns doentes oncológicos que já viveram a doença.
Este encontro tem como objectivo principal falar de cancro, assunto muitas vezes evitado, mas necessário nos nossos dias. Os interessados em participar nesta actividade poderão fazer perguntas aos especialistas presentes, bem como aos doentes oncológicos que saberão falar apenas da sua experiência, mas que em muito ajuda quem sofre da doença.
O público-alvo desta conversa é principalmente vítimas da doença, mas também os seus familiares que muitas vezes são o suporte do doente.
Esta iniciativa conta com o apoio do Serviço de Oncologia do HESE, da UCC de Estremoz, e da União das Freguesias de Estremoz – Santa Maria e Santo André).
Aceite o convite. Não tenha medo do tema. Venha participar e em conjunto vamos falar de doenças oncológicas.

Texto: Pedro Soeiro c/ Associação de Marinheiros de Estremoz | Imagem: DR

"Bilhete Postal" - Número 92... A/C do Sr. Jorge Silva Melo

Na sua página na rede social Facebook, Jorge Silva Melo, encenador e fundador da companhia “Artistas Unidos”, teceu algumas considerações sobre o Teatro Bernardim Ribeiro, a sua gestão e a forma como se faz cultura na mais emblemática sala de espectáculos da cidade de Estremoz.
Ao quase centenário teatro estremocense, Jorge Silva Melo chamou “teatrinho”. Como diz o velho ditado “Quem não se sente não é filho de boa gente”. Vai daí que foram várias as pessoas que repudiaram o modo como o encenador se dirigiu ao Bernardim Ribeiro, desde os funcionários da autarquia à Vereadora da Cultura, passando mesmo por figuras da cultura que já pisaram aquele palco, e chegando a vários frequentadores anónimos de tão nobre espaço cultural. Permitam-me que destaque um…

António José Garcia, estremocense, líder do CDS na cidade branca do Alentejo, candidato centrista à Assembleia Municipal de Estremoz, nas últimas eleições autárquicas, e um profundo amante da sua terra, não gostou de ler o que sobre o também “seu” teatro foi escrito. Na edição nº 92 do jornal ‘E’, o Tó-Zé, como lhe costumo chamar, não poupou as teclas do computador, e descarregou o seguinte texto na sua crónica quinzenal, “Bilhete Postal”.
Mais um, “amigo” Jorge Silva Melo…

Texto: Pedro Soeiro | Imagem: DR

BILHETE POSTAL 92
O encenador Jorge Silva Melo, que não tenho o prazer nem o desprazer de conhecer, escreveu, não sei onde, dizendo cobras e lagartos sobre a gestão do nosso teatro: isto, porque teve um espectáculo sem nenhum espectador. 
Ao Sr. Melo só tenho a questionar o seguinte: dado ter um espectáculo em Évora, não foi o Sr. que se ofereceu, com o mesmo espectáculo para vir a Estremoz? Os termos não são, de as Câmaras darem o apoio e só ficarem com 10% da bilheteira? Não foi alertado que haveria um espectáculo na véspera, com bilhetes mais caros, mas que já estava esgotado? Não foi o Sr. que insistiu em vir fazer o espectáculo?
Depois disto, perante a sala vazia, ainda vem dar lições de como se deve gerir uma sala de espectáculos? A nós? É mesmo não nos conhecer e pensar que no Alentejo não há gente de visão e culta.
Sr. Melo, promova espectáculos que convençam as pessoas, deixe de receber subsídios e vai ver as salas cheias. Depois pode “botar faladura”. Antes, não!
António José Garcia

No próximo quadro de apoios comunitários, Alentejo vai dispor de mais 42% dos fundos

No próximo quadro de apoios comunitários (2014 a 2020), 93% do total das verbas destinadas a Portugal, atribuídas aos programas regionais, destinam-se às regiões "mais pobres". O Alentejo está em destaque nesta matéria visto que vai dispor de mais 42% desses apoios.

Esta distribuição dos fundos europeus foi divulgada na passada quinta-feira, dia 5 de Dezembro, em Évora, pelo secretário de Estado do Desenvolvimento Regional, Manuel Castro Almeida.
"Há muito a tendência de pensar que os investimentos públicos estão muito centrados em Lisboa", mas, com os fundos europeus, "não é isso que se passa, nem se vai passar", afiançou.
Ainda segundo o governante, no próximo período de fundos comunitários, "93% dos fundos europeus vão ser gastos nas regiões mais pobres do país", ou seja, "no Norte, Centro, Alentejo e Açores".

Texto: Pedro Soeiro c/ Elvas.com.pt | Imagem: DR

quarta-feira, dezembro 04, 2013

Ensemble Contemporaneus estreia a obra "A mãe que chovia", no próximo Domingo, no Teatro Bernardim Ribeiro, em Estremoz

O conto e a música voltam a unir-se num espectáculo no Teatro Bernardim Ribeiro. A mais emblemática sala de espectáculos da cidade estremocense recebe no próximo Domingo, 8 de Dezembro, pelas 16 horas, a estreia da obra “A mãe que chovia”, pelo Ensemble Contemporaneus.

No Natal de 2013, o Ensemble Contemporaneus estreia a obra "A mãe que chovia", conto musical para narrador e ensemble, composto por Pedro Louzeiro e baseado no conto homónimo do escritor alentejano José Luís Peixoto.
Este conto relata-nos a história de uma criança que é filha da chuva e, como tal, sendo a sua mãe algo tão importante para todos os seres da Terra, ele tem de aprender a partilhar o amor materno com o Mundo. Um espectáculo para toda a família que procura homenagear o amor incondicional das mães, através da junção das belas palavras de José Luís Peixoto à música de Pedro Louzeiro.
Esta iniciativa é uma produção da Contemporaneus - Associação para a Promoção da Arte Contemporânea, e que conta com o apoio da Câmara Municipal de Estremoz. O preço dos bilhetes de adulto é de 10 euros, sendo que as crianças até aos 12 anos pagam somente 5 euros. A Contemporaneus informa ainda que na compra de dois bilhetes de adulto e um de criança, o bilhete da criança é oferecido.

Texto: Pedro Soeiro c/ Câmara Municipal de Estremoz | Imagem: DR

28ª edição da FIAPE já tem data marcada

Aquele que é considerado por muitos como um dos maiores certames que se realiza a Sul do Tejo, a FIAPE - Feira Internacional de Agropecuária de Estremoz, já tem data marcada para a sua edição nº 28.

De 30 de Abril a 4 de Maio de 2014, no Parque de Feiras e Exposições da cidade alentejana, marcarão presença a agricultura, a pecuária, os produtos regionais, as actividades industriais, a 32ª edição da Feira de Artesanato de Estremoz, para além de muita animação cultural e desportiva diária.
Marque já na sua agenda. Entre os dias 30 de Abril e 04 de Maio é obrigatório visitar Estremoz. O programa do evento estará brevemente disponível em www.cm-estremoz.pt.

Texto: Pedro Soeiro | Imagem: DR

segunda-feira, dezembro 02, 2013

Tribunal de Estremoz decidiu: Praça de Touros de Santo Aleixo pertence à população!

A Praça de Touros de Santo Aleixo, que se encontra votada ao abandono, conheceu hoje mais um capítulo na sua história de 30 anos. O Tribunal Judicial de Estremoz deu razão à Junta de Freguesia de Santo Aleixo e decidiu que a praça de touros local pertence à população da freguesia do concelho de Monforte.

Este caso conta-se em poucas palavras. Há cerca de três décadas atrás, a Junta de Freguesia de Santo Aleixo pediu um terreno a Isabel Sardinha Louro Sena, proprietária de várias terras na freguesia, para ali ser construída a Praça de Touros da freguesia. Isabel Sena acedeu ao pedido e a união de esforços da população colocou de pé a Praça de Touros de Santo Aleixo.
Volvidos mais de 20 anos e após tardes gloriosas de tauromaquia vividas no tauródromo de Santo Aleixo, Isabel Sena veio reclamar para si a propriedade da Praça de Touros. Interposta uma acção judicial, pela Junta de Freguesia, foi suspensa toda a actividade, e proibida a realização de qualquer espectáculo na Praça de Touros.
Hoje, o Tribunal Judicial de Estremoz deu razão à Junta de Freguesia, declarando “a Freguesia de Santo Aleixo, dona e legítima proprietária, por usucapião, da parcela de terreno, o prédio misto parte urbana, praça de touros, a confrontar a Norte, a Sul, a Nascente e a Poente com a Herdade do Quinhão, com acesso à via pública por um caminho de terra batida, a área coberta de 3.453 m2 e área descoberta de 5.000 m2, a destacar do prédio descrito sob o nº 0030070685, da Conservatória do Registo Predial de Monforte, freguesia de Santo Aleixo”.
Ainda segundo a sentença, a que “Estremoz Soeiro” teve acesso, Isabel Sena fica condenada “no reconhecimento do direito da Freguesia de Santo Aleixo, da forma como for declarado, a abster-se de praticar actos perturbadores desse direito”.
O acórdão alerta ainda para o facto de este caso muito possivelmente ainda não ter chegado ao fim. “Chama-se, no entanto, a atenção de toda a população para o facto de este caso não estar ainda definitivamente terminado, dado o facto de a Ré ainda poder vir a recorrer desta sentença”, pode ler-se no documento.

Texto: Pedro Soeiro | Imagem: DR

Radar da PSP volta a "atacar" em Estremoz. Avenida Rainha Santa Isabel vai receber acção de controlo de velocidade.

A Polícia de Segurança Pública, através da sua página na rede social Facebook, divulgou os locais onde serão colocados radares para controlar a velocidade, durante o mês de Dezembro.

A lista inclui diversas localidades, de norte a sul do país, incluindo as ilhas dos Açores e da Madeira.
Segundo a força de segurança, os locais foram escolhidos segundo critérios de maior perigosidade, pretendendo a PSP "reduzir a velocidade dos veículos" que circulam nessas vias através da demonstração da presença de elementos policiais e com aviso prévio.
Em Estremoz, a velocidade será controlada no dia 18 de Dezembro, na Avenida Rainha Santa Isabel. O radar será instalado a partir das 9 horas da manhã.

Texto: Pedro Soeiro | Imagem: DR

domingo, dezembro 01, 2013

Portalegre - Serra de São Mamede vai ter primeiro parque eólico em 2014

Segundo anunciou hoje uma das entidades parceiras do projecto, está a ser instalado na Serra de São Mamede, o primeiro parque eólico do distrito de Portalegre, num investimento que ronda os nove milhões de euros.

O equipamento, cuja sua concretização contou com a parceria da Agência Regional de Energia e Ambiente do Norte Alentejano e Tejo (AREANATejo), pertence a uma empresa ligada ao sector e deverá começar a funcionar em pleno em Março de 2014.
Segundo explicou em declarações à agência LUSA, Tiago Gaio, da AREANATejo, "as obras da linha eléctrica já começaram para depois ligar o parque eólico à subestação e também já decorrem as obras de infraestruturas da parte da construção civil".
O responsável referiu que o parque eólico pode permitir o fornecimento de energia equivalente a uma grande parte do consumo da cidade de Portalegre, embora a energia seja "injectada" na rede para depois ser distribuída. "No fundo, é uma produção de energia equivalente ao consumo doméstico da cidade", disse.
A AREANATejo, parceira deste projeto que pertence à empresa Ventoculto, elaborou o mapeamento, instalou várias torres de potencial eólico na zona e cruzou os dados para fornecer aos investidores todos os pormenores do tipo de parque a instalar, ou seja, elaborou um estudo da avaliação do potencial eólico da região.
Tiago Gaio disse que "desenvolvemos este mapeamento para ter os dados sobre o tipo e regimes de vento e esses dados é que permitiram determinar a melhor localização do parque e o tipo de máquinas e modelos para trabalhar".
Por via da redução de emissões de CO2, o parque, que vai funcionar com quatro aerogeradores, permitirá produzir energia eléctrica "limpa", o que significará uma poupança na factura nacional de importação de combustíveis fósseis.
O local escolhido para instalar o parque é o Alto dos Forninhos, em plena Serra de São Mamede, e situado na zona do antigo perímetro florestal (viveiro), na vertente sul da serra.

Texto: Pedro Soeiro c/ LUSA | Imagem: DR

sexta-feira, novembro 29, 2013

Em Borba, produção de azeite aumenta 110% em relação a 2012

Segundo o presidente da cooperativa local, os olivicultores do concelho de Borba, estão a colher este ano azeitona para azeite de "boa qualidade", estando previsto um aumento de 110% da produção, em relação a 2012.

À agência LUSA, Diogo Sapatinha, presidente da Cooperativa de Olivicultores de Borba, explicou que, na campanha deste ano, a produção deve rondar os 2,1 milhões de quilos de azeitona, o que vai corresponder a 310 mil litros de azeite.
A Cooperativa de Borba, uma das principais do Alentejo, está, segundo o seu presidente, Diogo Sapatinha, a produzir azeite de “boa qualidade”, mas com "grau de acidez um pouco maior que em 2012, o que não é bom para alguns mercados de exportação, sobretudo para o Brasil".
A Cooperativa de Borba produz azeite com Denominação de Origem Protegida (DOP), tendo já exportado este ano 26% da produção de azeite engarrafado para os mercados do Brasil, Alemanha, Holanda, Singapura e França, indicou o responsável. "Em 2014, prevemos aumentar as exportações para os mercados em que já estamos a vender", realçou. 
Diogo Sapatinha referiu que, este ano, as vendas de azeite engarrafado para o mercado nacional "baixaram um pouco", face a 2012, enquanto as vendas para o mercado externo subiram 40%. O mesmo dirigente adiantou que, em 2014, a cooperativa de Borba vai concluir um projecto de investimento de 200 mil euros, com 30% de apoio através de fundos comunitários, que envolve uma linha de engarrafamento, enchimento e rotulagem, melhoria nas instalações, um armazém para azeite e uma mini estação de tratamento de águas residuais (ETAR).

Texto: Pedro Soeiro c/ LUSA | Imagem: DR

Apresentado na "Cozinha dos Ganhões 2013" filme promocional do "Mercado de Estremoz"

Arrancou hoje em Estremoz, no Parque de Feiras e Exposições da cidade, a 21ª edição da Cozinha dos Ganhões, o maior evento gastronómico da região. Até ao próximo Domingo, o sabor e o saber da cozinha alentejana marcará presença na mesa das oito tasquinhas e dos quatro doceiros presentes no evento organizado pela Câmara Municipal de Estremoz. Mas há mais para ver... Artesanato, produtos regionais, música, provas desportivas e uma das grandes atracções deste ano, a I Feira da Caça, que decorre paralelamente à Cozinha dos Ganhões, no Pavilhão C.
Durante a cerimónia de inauguração do evento, foi apresentado o vídeo promocional do tradicional e secular "Mercado de Estremoz", actividade que decorre há mais de um século no Rossio Marquês de Pombal, onde durante a manhã de Sábado, o campo visita a cidade...
Se não marcou presença na cerimónia de inauguração da "Cozinha dos Ganhões 2013" e ainda não viu, "Estremoz Soeiro" apresenta-lhe o vídeo "Mercado de Estremoz - no Sábado de manhã, o campo visita a cidade".

Texto: Pedro Soeiro | Vídeo: Câmara Municipal de Estremoz 

video

quarta-feira, novembro 27, 2013

Câmara de Borba promove iniciativa "É Natal em Borba"

A Câmara Municipal de Borba vai levar a efeito, no Pavilhão de Eventos da localidade alentejana, entre os dias 12 e 15 de Dezembro, uma grande Festa de Natal, designada “É Natal em Borba”.

A festa, com entradas gratuitas, pretende mobilizar toda a comunidade borbense e concelhos vizinhos, em especial os mais pequenos, para este grande espaço de animação onde serão disponibilizados carrosséis, insufláveis, espectáculos musicais e de teatro, dança, quadros natalícios, caminhadas e pedypaper, pista de automóveis a pedais (numa parceria com o projecto Rodinhas Seguras – Escola Segura /GNR), desportos radicais, doces de Natal, oficinas de construção, entre muitas outras atracções.
Ainda na festa e porque o Natal é a época da solidariedade e da partilha por excelência, haverá um espaço para recolha de roupas e brinquedos usados, assim como bens alimentícios não perecíveis, para serem distribuídos pelos mais necessitados.
Paralelamente, haverá já na cidade o Grande Presépio de Natal, com quase meia centena de quadros, da autoria do artesão borbense, Carlos Bacalhau, e no Celeiro da Cultura uma Exposição de Presépios particulares, que estará patente até ao dia 6 de Janeiro.
Segundo a autarquia borbense, a magia do Natal não vai faltar na cidade alentejana, quer na festa "É Natal em Borba", que trará muita alegria e animação a todas as crianças que visitarem o Pavilhão de Eventos, quer no comércio tradicional, que activamente participa com as iniciativas desenvolvidas pela câmara local.

Texto: Pedro Soeiro c/ Município de Borba | Imagem: DR