window.location.href = 'http://www.ardinadoalentejo.pt';

quinta-feira, janeiro 29, 2009

O Magalhães esteve em Estremoz?


É verdade. O Magalhães esteve em Estremoz.
De fonte fidedigna, garanto-vos que esse monstro da informática foi distribuido às crianças da Escola do Caldeiro.
Não sabiam? Não leram em nenhum jornal da terrinha? A Rádio não disse nada?
Infelizmente esta notícia não vai ser publicada... e sabem porquê?
Porque a comunicação social não foi autorizada a entrar no estabelecimento comercial, porque, e cito "são elementos estranhos à escola."
A minha questão é só esta... E nas outras escolas onde foram entregues estes computadores, os jornalistas, os fotógrafos, os repórteres de imagem que fizeram as noticias eram alunos?
Aposto que se a entrega fosse efectuada pela Ministra da Educação, pelo Presidente da República ou pelo Primeiro-Ministro, toda a gente entrava... Peço desculpa, era muito bem capaz de não deixarem entrar a Ministra, como isto anda lá pelos lados da educação.
Lamentavelmente, o cerco cada vez está mais apertado contra aqueles que querem simplesmente informar. Podem até dizer que isso não interessava a ninguém, mas nas outras terras esta noticia aparece. Se não interessa, porque já foi várias vezes a entrega de Magalhães notícia nas televisões?
É por estas e por outras é que Estremoz não sai da cepa torta...
Só um esclarecimento - Quando chamei Monstro da Informática ao Magalhães estava a brincar...

8 comentários:

Anónimo disse...

Adosinda no seu melhor

teacher disse...

Tens razão sobre o cerco...mas não é á volta dos jornalistas... é aá volta das senhoras e dos senhores que não querem ser avaliados nem que os matem.

Anónimo disse...

Acho que à semelhança das outras escolas de todo o país também deviam ter permitido a divulgação da entrega dos computadores.


MFCL

Anónimo disse...

Realmente a Adosinda todos a conhecem como a "NIM" nunca diz que não nem nunca diz que sim, para não falar já no Zé João e Cª que nem vale a pena comentar dada a incompetência dessa gente que é uma vergonha.

Anónimo disse...

é bom que se diga que o que se entregou foi uma MUITO PEQUENA parte do que se devia entregar. numa sala com vinte e tal alunos, entregar meia duzia!! é muito mau para a cabeça dos petits que por imcompetencia desta gente que comanda isto como se fossemos marionetas, não conseguem entender porque razão aqueles poucos coleguinhas já têm esse tal "monstro da informática"!!! e a maioria NÃO!!
eU como pai exigo que o Zézito e a sua sinistra M. Lurdes, venham explicar como se os pequenos e eu proprio, fossemos muito burros, onde está o direito de igualdade e de oportunidade, até mesmo de justiça, que esses chicos espertos apregoam a toda a hora. Eu até percebo, já estou malhadiço e não espero melhoras nenhumas desta gente que nos engana e brinca conosco. agora os meus filhos e os dos outros, que não estão ainda vacinados contra esta PRAGA, entendam é que é mais complicado! "mas isso tb nao interessa nada, pois eles ainda não votam!!

SODOT ES MADOF

Espertalhões! disse...

deviam ter permitido a divulgação da entrega se tivessem computadores para todos os meninos, mas como só tinham para uma pequena parte, foi muito melhor assim. foi tudo uma questão estratégica!

Topam?!!

Anónimo disse...

O meu filho deveria ter hoje um prova de Matemática na EB 2,3 Sebastião da Gama no 9º ano mas ficou prejudicado porque houve negligência do conselho executivo. Quero saber o que aconteceu e pedir explicações a esses senhores. O meu filho e os outros não podem ficar prejudicados pela ignorância e falta de profissionalismo dessa gente

Anónimo disse...

lamentavelmente tenho que comcorda e mas facil as drogas emtrarem na escola do que uma boa educaçao moro em uma das praias do litoral norte sempre que posso sou voluntaria em uma escola e vejo que a ignoramcia dos seres os inpedem de grandes aprendizados e comquistas,pitamgui praia