window.location.href = 'http://www.ardinadoalentejo.pt';

sexta-feira, dezembro 12, 2008

O Rugby queria mais estádio...


Hoje assisti a uma situação no mínimo cómica...
Na Casa de Estremoz, durante a apresentação de um livro sobre o património religioso do concelho estremocense assisti a uma conversa entre um senhor (calculo que seja pai de algum atleta praticante de Rugby no Rugby Estremoz Clube) e o vereador do Desporto do município estremocense, Jorge Canhoto.
Esta conversa prolongou-se por alguns minutos e tinha como objectivo o de saber se teriam sido atribuídas mais horas de utilização do Estádio Municipal de Estremoz ao Rugby Estremoz Clube. O vereador do Desporto explicou que "em conjunto com todos os clubes que usufruem do equipamento desportivo chegou-se a um entendimento equilibrado."
Até aqui nada de cómico ou de fora de tom... o engraçado vem a seguir.
O cidadão atrás referido (peço desculpa por tratá-lo assim mas não sei o seu nome) disse que "o clube tem um nome que é exclusivamente Estremoz e que vai a sítios onde outros não chegam, como o Colégio St. Juliens, Cascais..."
Perante esta afirmação só não me deitei pró chão a rir porque estava ali muita gente.
Tenho que dar os meus parabéns a quem trabalha com os atletas que compõem o Rugby Estremoz Clube, despendendo de horas da sua vida pessoal e familiar, para levar e dar desporto a esses mesmos jovens, mas...
Comparar o Clube de Futebol de Estremoz com o Rugby Estremoz Clube???
O CFE também tem no seu nome Estremoz ou esse senhor ainda não tinha reparado??? Chegam ao Colégio St. Juliens??? Isso é importante??? E já agora, isso fica onde???
Quererem as mesmas horas que o clube mais representativo da cidade é querer demais, não acham??? Um clube trabalha com 200 atletas e outro com pouco mais de 50... tem comparação não tem???
Curioso também o facto de esse senhor ter referido que fora de Lisboa, há Rugby em Estremoz, Montemor, na Moita e pouco mais...
Sem ir pesquisar na Net, lembro-me de Juromenha, Borba, Elvas, Beja e já agora, em Évora também há Rugby.
Nada tenho contra o clube em questão, aliás até lá tenho amigos como o João Pereira, o Ricardo Silva, o Carlos Gato... mas são estas pessoas de fora, que interferem nos assuntos internos dos clubes e que mancham o bom nome dos mesmos.

23 comentários:

enforcadinho disse...

O desporto e o Status infelizmente ligam-se de uma forma muito pouco abonatória para os atletas e simpatizantes das diversas modalidades desportivas, mas enfim, é o Portugal que temos.

João disse...

Com a sua licença, vai me permitir o meu comentario... não é relevante com quem o clube de rugby da sua terra mede forças, nem acho que isso seja o mais importante, importante é que há mais 50 (como o sr diz) atletas a praticar desporto na sua cidade. Fica também a saber que do clube de rugby da sua cidade já sairam atletas para reforçar outros clubes, lembro agora de repente o Mario, formação da equipa senior do REC, que devido a ir trabalhar agora para Beja defende as cores do clube local. Importante é o sr. poder gabar-se a viva voz que na sua cidade sem haver polos universitarios há um clube de rugby que faz provas federadas... Importante é o sr. poder-se gabar que os filhos da sua terra à conta da carolices de uns defendem as cores da sua cidade de igual para igual com o ST.Juliens, que vc não conhece mas que a SKYSports faz reportagens sobre eles. E não perca tempo com questões irrelevantes como o status de quem joga rugby, porque no meu clube jogam pretos, ciganos, brancos, ricos, pobres, trabalhadores, e se calhar até malandros(há-de tudo concerteza). Mas olha que o rugby também é trabalho social, procure na net a escolinha de rugby da galiza, e veja se não é mt mais do que status... Já agora dê uma oportunidade ao rugby... e porque não o REC ter uma verba camarária igual ao futebol de Estremoz?? Um abraço

Anónimo disse...

conversa de merda , o rugby de estremoz é uma grande merda e ate aqui tudo bem , mas sera que quem joga rugby nao paga impostos igualmente aos praticantes de futebol ??? entao porquê ter menos horas de estadio.
o rugby é uma modalidade que ensina as pessoas a lidar com as adversidades da vida , na minha opiniao toda a gente devia ter uma passagem plo rugby pois iria concerteza tirar uma liçao de vida mt grande ...

pilau disse...

enfim, nem comento!

Anónimo disse...

Comparar o Clube de Futebol de Estremoz com o Rugby Estremoz Clube??? Não percebo o seu tom irónico nesta frase... Muito menos lhe fica bem... Já que estou aqui a escrever, gostava de saber o porque... Acha que o clube de futebol de Estremoz tem mais categoria, reconhecimento ou seja lá o que for que o clube de rugby? Devia fazer uma pesquisa na "Net" para perceber que o clube de rugby de Estremoz não anda a levitar nas divisões inferiores do rugby. Não que isso seja desprestigiante... mas realmente o clube de rugby de Estremoz anda nos palcos principais do rugby, nos escalões em que tem equipa. Deve ter sido isto que o Sr. de quem o Sr. não sabe o nome quis dizer quando disse que o rugby Estremoz ia ao colégio St. Julian.
Se o seu blog é sobre Estremoz, faça-o para Estremoz e não contra Estremoz.

João Ruas Jogador do REC

João Mendes disse...

Acho que a última frase que o sr escreve reflecte tudo: 'pessoas de fora, que interferem nos assuntos internos dos clubes e que mancham o bom nome dos mesmos.'
É claro que o REC não tem a dimensão do CFE, nem seria normal que tivesse, pois a escritura do clube foi realizada, se não estou em erro, dia 28 de Janeiro do ano passado.
Para um clube que nem um ano tem, todo o esforço quem tem havido para treinar e para deslocações para fora (são os pais dos jogadores que os levam muitas vezes, senão todas, porque não há dinheiro), e os bons resultados que as camadas mais jovens apresentam, nomeadamente os sub-14 e mais novos, que ja tiveram vitórias importantes em torneios com outras equipas, deviam ser valorizados.
Para começar um clube do nada foi preciso muito trabalho,neste caso, de pessoas que têm os seus empregos e as suas familias e chegar ao que já se chegou até agora acho que já é de saudar.
O clube é da terra e gostava de ser apoiado pela terra.
É claro que existem situações incovenientes e acho perfeitamente normal que existam 'personas non gratas' que façam comentários desses, pois já os presenciei.
Agora, de certeza que o sr. nunca ouviu um membro da direcção do clube a fazer alguma conversa dessas ou a queixar-se da ajuda que temos, que já é pouca.
Eu já me dou grato por poder treinar no campo de Estremoz, e acho que posso reflectir na opinião dos meus colegas jogadores.
E uma coisa que gostava que fosse percebida pelas pessoas fora do clube é que o clube não que ser mais valorizado que nenhuma outra modalidade em Estremoz, nem ser um clube para a 'elite', mas sim apenas mais uma modalidade a espalhar o nome de Estremoz.
Se há coisa que não gosto quando consulto blogs de rugby em Portugal, o que mais me irrita são aqueles dirigidos por miúdos parvos que têm a mania que são gente, a deixarem posts a queixarem-se de que o rugby em portugal está a tornar-se um desporto praticado por toda a gente, e não apenas pelos que são 'considerados melhores'(não sei como).
Haja paz na Terra.
Felicidades para si e para o seu blog .
João Bernardo Mendes, jogador do REC

Anónimo disse...

Jogo nos sub-18 de Beja e já joguei contra o REC 3 vezes. Acho que esta situação é muito ingrata quer para os séniores quer para os outros escalões, pois uma equipa tão nova já deu provas mais que suficientes que tem jogadores de qualidade, colocando alguns deles nas selecções nacionais! Antes de se ridicularizarem orgulhem-se do que têm e não desvalorizem uma modalidade que está em crescimento no país.

luis disse...

ja vi que o sr esta muito bem informadoo sobre o rugby estremoz clube,pense bem no que escreveu no seu blog sobre criticar estremoz e investigue à quantos anos existe o cfe e quantos jogadores levou a selecção.... o rec sei eu que existe " à meia duzia de anos" e ja foram alguns para a selecção e a jogarem nos grandes clubes d portugal!!! grande abraço antes d denegrir o seu blog e tornaristo uma circo pense e depois escreva...

Julio B. disse...

Dizer que não é um grande argumento ainda lhe dava a razão. Agora vir para aqui armado em sabe tudo não é a melhor forma! "Chegam ao Colégio St. Juliens??? Isso é importante??? E já agora, isso fica onde???" Se é tão importante para si o futebol o Colégio St. Juliens é ligado como escola de formação ao Arsenal e não certamente ao Clube de Futebol de Estremoz, com todo o respeito pelo CFE. No mínimo cómico dá sua parte falar sem saber...

E já agora o Colégio St. Juliens situa-se na Quinta Nova em Carcavelos freguesia de Cascais Distrito de Lisboa, PORTUGAL

Abraço

Louro disse...

Boa tarde,

Perante este texto, o que não me dá é vontade de rir, mas sim de ficar triste por saber que existem pessoas como o senhor, com um pensamento como o seu.
Ca para mim depois de ler isto, fico tambem a pensar que deve ser do futebol.
é muito simples, em estremoz para os senhores da camara, ou para quem investe no desporto, so ha dois desportos o futebol(com muitos anos de historia, e nunca passou de uma cepa torta) e o hoquei(que de vez em quando la nos vai dando umas alegrias), quanto ao resto ha potencial para ser melhor mas nao ha quem ajude.
Quanto ao rugby, é uma modalidade em espançao por todo o pais, e mesmo em estremoz, e ate com grande potencial, como se pode ver, e temos senhores, que em vez de ter interesse em que a 'sua' terra seja conhecida por coisas boas, nao, só sabe é dizer mal e deitar tudo a baixo.
desculpe lá, mas sabe porque é que o pais esta neste estado nao sabe???? pessoas que cuscam as conversas dos outros e ainda gozam.

Viva o rugby em estremoz!


Miguel Louro

Anónimo disse...

Não tenho responsabilidades no Clube Rugby de Estremoz, mas o meu filho joga e treina lá. Para além de um número considerável de atletas e que a cada dia aumenta, o REC tem dado cartas no desporto do Concelho. Comparar o REC com o CFE é como comparar o Brados do Alentejo com o seu Ecos, naturalmente poder-se-ia dizer que o Brados se apresenta numa posição superior ao Ecos, pelo tempo que tem de existência, mas isso não faz que esse jornal seja melhor que o seu Ecos, e quantitivamente o Brados terá um maior número de assinantes que o Ecos, um maior número de redactores, etc etc.. e com isso o Ecos quer ser mais conhecido que o Brados? Não vamos por ai, Sr. Pedro Soeiro, mas antes pelo facto de haver desporto em Estremoz e digo-lhe sinceramente que a postura do Sr. Eng. Jorge Canhoto, digníssimo Vereador do Desporto, é de enaltecer, porque soube equilibrar as motivações de cada Clube, e hoje pode-se dizer que há consenso nas atribuições do número de horas de treino a cada um dos Clubes. Cada Clube tem a sua história, a sua cultura desportiva, a sua forma de estar no desporto, vamos respeitar isso, e congratular-mo-nos com os resultados desportivos dos clubes desta Cidade. Afinal somos todos Estremoz. Como conheço bem o percurso desportivo do meu filho, e perdoe-me o anonimato, gostaria de homenagear aqui uma pessoa, que com o seu espírito de luta, a sua forma de trabalhar no REC, a sua postura perante os rapazes que dirige e os frutos que disso tem colhido, dizia eu que gostaria de homenagear o Dr. José Carlos Cortes, pessoa que conheço há muitos anos, e de quem tenho estima. Não imagina Sr. Pedro Soeiro a alegria do meu filho e dos outros rapazes quando jogam, o modo como lidam uns com os outros, como se apoiam, como se respeitam, enfim, um sem número de atributos que este desporto poderá dar na formação complementar dos jovens. Creia Sr. Pedro Soeiro que o REC dará cartas num futuro próximo, e que daqui sairão grandes figuras para outros Clubes. Já agora uma sugestão Sr. Pedro Soeiro, um destes dias, pegue na sua Máquina Fotográfica e num Bloco de Notas e visite um dos treinos do REC, verá que o Rubgy é muito mais que um desporto de "malucos". Abraço sincero deste seu amigo que muito o estima.

Anónimo disse...

É de triste este post...dá me pena um club que ja tem jogadores na selecção, joga na 2ª divisão nacional, ser tratado assim. Uma absoluta falta de respeito. E triste ver que em Portugal so olhamos para a "bola" ninguem apoia nada ta-se tudo a "cagar".
deveria ser apoiado o rugby o ballet, o bagminton, o ping pong o tenis a natação,o basket,(nao intressa o desporto) tudo da mesma forma que é apoiado a "bola", mas nao o resto nao intressa porque como foi feita referencia "so la estão uns meros 50 jogadores" isso nao é suficiente para o senhor vereador. Acho que clubes emergente como o rugby de estremoz e tantos outros em diversas areas deportivas deveriam ter um apoio maior em termos de verbas por estarem a desenvolver um modalidade nova na região, uma especi de subsidio para alem do resto.
Em beja no dia da fundção da secção de rugby de beja o senhor presidente da camara disse que era uma "otopia" o rugby em beja! O facto é que em menos de um ano conseguimos ter 2 equipas no campeonato nacional 2ª divisão, um jogador profissional (estrangeiro) contratado um treinador ingles (que ja treinou na 2ª divisão irlandesa)um treinador que ja vestio a camisola da selecção de portugal, um preparador fisico "mestre" em treino e preparação fisica, masterial de treino profissional, jogadores do beja em negociações com clubes estrangeiros, um ginasio...! Nunca em tempo algum um clube em beja conseguio em tão pouco tempo realizar algo tão grande! FIZEMOS HISOTRIA EM BEJA! Por acreditar no rugby e nas pessoas que jogam este desporto de coração e alma é que desejo as maiores das sortes para o REC força malta nao baixem os braços! Apoiem o desporto e deixem-se de vigarices senhores politicos!

Anónimo disse...

o Sr. Soeiro, devia dizer algo, mais que não seja que se precipitou... mas já lá diz o povo: "Quem cala consente..."

Anónimo disse...

O Que Significa CFE? Qual o Lema? Sorrindo ás Dificuldades, nao é? So o lema diz TUDO, ja ao contrario do Lema do REC, DEDICAÇÃO E EMPENHO!
Quanto ficou o CFE, no jogo em que veio a Etz, a LIGA DOS ULTIMOS? 6-0, OU 6-1?? Isso é que é VERGONHOSOOO Sr Soeiro, veja aqueles que tentam com qu Estremoz evolua, pq pessoas Retrógadas como o Sr, esta a cidade cheia, por isso, é que Etz, esta como esta...!
Com os Melhores Cumprimentos para todos os jogadores do REC...

Anónimo disse...

Caro sr. Soeiro,

"Chegam ao Colégio St. Juliens??? Isso é importante??? E já agora, isso fica onde???"

O Colégio St. Julian's é talvez dos melhores colégios em Portugal.
Já recebeu visitas da Rainha de Inglaterra.
Já lá frequentaram pessoas conhecidas de todos nós, como o caso do Bryan Adams ou até a Ana Free.
Andam lá filhos de várias personalidades!
Sei que esta conversa pode parecer "cagona", mas imagine-se que no próximo sábado, a acaompanhar os filhos, iam aí várias personalidades? (Andava lá o filho do Peter Schmeichel). Imagine que o filho dele jogava rugby e ia aí no sábado, tambem acompnahado pelo pai? Ou até mesmo os filhos do Duque de Bragança? Não ia gostar de receber essas pessoas em Estremoz? Nao ia gostar que depois ele viesse dizer bem de Estremoz na comunicação social??

E também, como ja alguém disse, o Colégio tem ligações com o Arsenal.

Como vê, o Colégio até acaba por ter relativa importância.




Em relação às horas que cada modalidade utiliza concordo que seja feita consoante o nº de atletlas inscritos nas mesmas. Contudo, na minha opinião, o senhor referido no texto, talvez estivesse a tentar "vender o peixe" e conseguir mais algumas horas para o REC.


Cumprimentos,
Apoiante do REC

soeiro disse...

Boas noites a todos...

Acho que chegou a altura de responder a algumas perguntas que me foram feitas e igualmente a algumas provocações que à minha pessoa foram dirigidas.

Em primeiro lugar quero mandar um abraço ao João Ruas, ao João Bernardo Mendes e ao Miguel Louro, por terem a frontalidade de colocarem o nome nos seus comentários e de não se esconderem no anonimato para virem provocar e ofender, como aliás vários fizeram... Mais uma vez parabéns pela vossa atitude... aos outros só um nome vos assenta bem...

Quero primeiro que tudo esclarecer que nada tenho contra o REC nem contra as pessoas que ocupam os mais diversos cargos no clube, como vem referido no post. Quero até salientar que, no jornal ECOS, do qual me orgulho de fazer parte, fui eu que contactei o clube e alguns jogadores para que nos fosse fornecido resultados e crónicas dos jogos realizados, para que a vossa modalidade e o vosso clube podesse ser divulgado quinzenalmente num orgão de comunicação social. Nunca obtive resposta. Apenas o João Pereira me disse que quando começasse a época, se tivesse tempo, me enviaria qualquer coisa. Há bem pouco tempo tive oportunidade de falar com um atleta do clube, durante as Jornadas Desportivas, que me disse que enviaria todas as crónicas que conseguisse... até hoje nada. Não sou assim como que o mau da fita que querem fazer passar.

Respondendo aos vossos comentários:
1- Enforcadinho - Não é o Portugal que temos, é o Portugal que todos fazemos. Um abraço.

2- João, fico contente por saber que há mais 50 ou até mais atletas a praticar desporto na nossa cidade e que outros saídos do REC estejam a competir noutros clubes. Em relação à questão a receber por parte da CME, a pergunta não deve ser feita a mim. Um abraço.

3- Anónimo - Quem ofendeu o clube não fui eu.

4- Pilau - Está no seu direito.

5- João Ruas - Referi-me apenas em termos históricos, em termos de existência dos clubes e para todos os efeitos o CFE é uma instituição de utilidade publica e para se atingir este grau tem-se um caminho a percorrer, que pode perfeitamente acontecer com o REC. Em relação às divisões por onde o REC anda a levitar, seria bom que a população de Estremoz soubesse, mas para isso tem de haver informação tanbém da vossa parte. Peço-lhe que dirija aos seus colegas o repto de enviarem as crónicas e as vossas informações para jornalecos@sapo.pt, e assim toda a gente vai ficar a saber mais sobre voçês. O jornal está ao vosso dispor. De certeza que esta abertura não aconteceu com mais nenhum orgão de comunicação social de Estremoz.
Sobre o blog, pode querer que nunca será contra Estremoz, mas sim para Estremoz. Um abraço.

6- João Mendes - Parabéns pelo seu comentário. Felicidades igualmente para si e para os seus. Um abraço.

7- Anónimo - Orgulho-me muito do que a minha cidade tem para oferecer, disso não tenha duvidas.

8- Luís - Este comentário é tal qual como que comparar a feira de Borba com o olho do dito. Um grande abraço para si também... sobre o circo não tenho intenções de montar nenhum mas quem sabe

9- Júlio B. - Ninguem está armado em sabe tudo, tanto que fiz as perguntas que fiz. Obrigado pelas explicações geográficas. Um abraço.

10- Miguel Louro - Gosto de futebol, mas não pertenço ao CF Estremoz, se é isso que quer saber. Em relação ao resto é a sua opinião.

11- Anónimo - Parabéns pela comparação com o ECOS e não é meu, é de todos quantos nele queiram colaborar.
Tal e qual como refiro no meu post, as horas estavam atribuídas e havendo consenso entre todas as partes envolvidas, o porquê de pessoas estranhas ao clube venham solicitar mais horas e pedir o que quer que seja? É só aí que eu quero chegar.
Assino por baixo na homenagem ao José Carlos Cortes. Aceito o repto e em breve irei fazer uma reportagem sobre o REC e espero que as suas previsões estejam certas. Um abraço com igual estima.

Luis disse...

Sr. Soeiro, não precisamos de sair com noticias no seu jornal ECOS, pq saimos no Diario do Sul, que é um jornal muito + conceituado!
Soeiro, meta o Ecos, no olho do seu dito.

Anónimo disse...

Soeiro, VIVA O REC, e mais Nada...! Se quiser experimentar a vir treinar ao NOSSO Clube, ESTA DESDE JA CONVIDADO, ja sabe, veja o horario dos nossos treinos, e ate nos dava algum jeito, visto o REC ainda ter falta de algum equipamento de campo, nomeadamente, sacos de placagens, e assim, seria o Sr a fazer de saco...! Eheheh

REC REC REC

Ass: Ze Lito

soeiro disse...

Acabando as respostas...

12- Anónimo - Por acaso não sou triste, até me considero uma pessoa bastante alegre e tenho que concordar consigo quando refere que todas as modalidades deviam ser apoiadas de forma igual mas a bola, como diz, movimenta milhões de euros e de pessoas enquanto que as outras, e aí tem que me dar razão, não é bem assim.
Se souber ler, e depreendo que sim, não consegue encontrar no meu post "Só lá estão uns meros 50 jogadores", esta frase é sua...
Certamente que o presidente da Câmara de Beja disse que o Rugby era uma UTOPIA e não aquilo que escreveu.
Através deste amigo bejense tenho que endereçar os meus parabéns ao clube de Rugby local embora para vós seja suficiente contratar um treinador inglês que treinou na 2ª divisão irlandesa, que muito possivelmente nem os Irlandeses conhecem.
Concluo esperando que não pense que eu seja político... não tenho pretensões a tal... Um abraço.

13- Anónimo - Cá estou a responder, mas não foi porque o tenha pedido. Um abraço.

14- Anónimo - Desejo e espero que o REC nunca venha a conhecer as dificuldades que o CFE já passou, daí o seu lema.
Em relação ao ser retrógrado e não aquilo que escreveu, não o sou e até costumo dizer que vejo as coisas numa era muito adiantada para a população e para a terra em que vivo.

Espero que tenha esclarecido todos aqueles que tiveram a gentileza de visitar e comentar neste espaço.
Quero ainda frisar que em nada me move este tipo de guerrinhas com quem quer que seja e, como já pedi, espero que os atletas e dirigoentes do REC aceitem divulgar as suas actividades junto do jornal com o qual colaboro, seria interessante para as duas partes.
Ainda na passada segunda-feira fui fazer uma reportagem com os Juvenis do CFE e tive a oportunidade de ver e de admirar o brio e empenho com que vocês treinavam. Tudo com um objectivo - o de levar o nome de Estremoz bem longe.
Apenas exprimi a minha opinião, não contra o clube, mas contra aquele que, e volto a referir, sendo só pai de um atleta, venha pedir, em locais que não o mais oportuno, coisas para o clube. Para isso existe a direcção e os corpos sociais.

Em relação a todos aqueles que me enviaram comentários imaginando fantasias sexuais com a minha pessoa, quero que saibam que eu gosto que aquilo que me desejem recebam em dobro e se porventura ainda assim não ficarem satisfeitos, pode ser no triplo.

Um abraço a todos.

soeiro disse...

Luis - São comentários desses que fazem com que um clube fique conotado com pessoas sem carácter e sem respeito por ninguém.

Em relação à proposta que fez do circo... quando tiver vaga para palhaço, digo-lhe qualquer coisa.

soeiro disse...

Ze Lito - Já não tenho idade para esse tipo de aventuras e há lá alguns que têm corpos com massa muscular a mais, deixavam o saco em mau estado, mas agradeço o convite.
Um abraço.

João disse...

Caro Senhor, como assino João e o meu perfil é publico e o blogs onde assino tambem o são não vejo necessidade de assinar o nome completo. Tenho pena que a suas respostas sejam um ataque, apesar de concordar que há coisas que lhe foram ditas que resultam da estupidez humana... Agora acredite que o CDBeja não tem intenções de se satisfazer unicamente com a mais valia de ter um treinador inglês, o limite é o infinito. E aguardo pelo dia em que os séniores deste clube possam defrontar os seniores de Estremoz... Um abraço.

Anónimo disse...

Este Senhor nao sabe do que fala..

fale de futebol, e nao diga disparates de quem joga por amor a camisola...sem pedir nada em troca!!



CL